PORTUGAL RUGBY - VITÓRIA DOS LOBOS E CONTINUAÇÃO DAS ESPERANÇAS NO MUNDIAL

MENU

VITÓRIA DOS LOBOS E CONTINUAÇÃO DAS ESPERANÇAS NO MUNDIAL

Março 27, 2021

Embora tendo começado da pior maneira — ensaio espanhol aos 4 minutos de jogo, cartão amarelo aos 7 minutos, novo cartão amarelo aos 15 minutos e novo ensaio espanhol a fazer 14-0 aos 16 minutos — a reacção dos Lobos, com uma segunda parte de grande categoria a impôr o modelo já adivinhável no segundo quarto da primeira parte, foi notável, marcando 4 ensaios que se juntaram aos 2 da primeira num total de 6 ensaios que, infelizmente, não foram suficientes para garantir o ponto de bónus ofensivo.


Já na primeira parte — que terminou com o resultado favorável aos Leones por 21-14 — os Lobos tinham mostrado que sempre que encontravam o equilíbrio enquadrado no movimento entre avançados e três-quartos, a defesa espanhola ruía. E na segunda-parte esses momentos de coesão táctica foram uma quase constante — mesmo se o facto dos espanhóis terem ficado reduzidos a 13 jogadores entre os 50/56 minutos e 61/71 e a 14 durante 14 minutos, ajudou ao aumento de confiança português — com os Lobos a dizerem que mereciam ter os adeptos na bancada para sentirem a sua vibração que, por certo, estava a acontecer em casa de cada um.


A entrada no XV inicial de Nuno Sousa Guedes que transborda confiança e sentido criativo, correspondeu a um claro aumento da verticalidade e da capacidade de penetração do ataque português, mostrando-se como o principal quebra-linhas da equipa portuguesa — e viu-se isso mesmo na construção das jogadas de ataque e de dois ensaios portugueses. Rafael Simões que possibilitou saídas de terceira-linha, variando assim o jogo e que marcou um ensaio, foi uma boa surpresa na sua primeira experiência a No8 a este nível. Com 18 pontos marcados, o formação Samuel Marques, deu, apesar da suspensão de um amarelo que obrigou José Lima a ocupar o seu lugar, um enorme contributo para o avolumar do resultado.


Com a arbitragem do francês Ludovic Cayre, equipa de Portugal alinhou e marcou:


15. Nuno Sousa Guedes; 14. Rafaelle Storti, E,53’, 13. José Lima (Danny Antunes, 68’), 12. Tomás Appleton, cap., 11. Rodrigo Marta, E,46’; 10. Jerónimo Portela, E,39’(Jorge Abecasis, 79’), 9. Samuel Marques E,66’, 5T, 1P - amarelo, 8', (Théo Entraygues,74’); 8. Rafael Simões, E,29’, (Francisco Sousa, 57’), 7. Manuel Picão, 6. João Granate (Duarte Torgal, 19' - Loic Bournonville, 71’) ; 5. Eric dos Santos, 4. José Madeira - amarelo, 17’; 3. Anthony Alves (Diogo Hasse Ferreira, 68’), 2. Mike Tadjer, 1. Geoffrey Moise (Francisco Fernandes, 45’, E,78’).


Com este bom resultado Portugal, embora não tendo conseguido o ponto de bónus ofensivo por não ter garantido a diferença de 3 ensaios, ocupa agora o 3º lugar, com 5 pontos, da tabela da Rugby Europe Championship e, ao recuperar as 3 posições anteriormente perdidas voltou, com a conquista de 1,22 pontos que a vitória proporcionou, ao 21o lugar do Ranking da World Rugby. Com a derrota sofrida a Espanha desceu ao 5o lugar da tabela REC com 2 pontos.


O próximo jogo de Portugal será fora, em Julho, e contra o vencedor do jogo Bélgica-Holanda.

notícias

Resultados dos JOGOS

2021-04-10

10 de Abril

Emirates Invitational Sevens

2021-04-09

Árbitro Paulo Duarte

Loja oficial

Federação Portuguesa de Rugby